→correspondência←

Música
 https://41.media.tumblr.com/4845ae43b4daff179b3e56225c5db43c/tumblr_nz5v1prvfY1r1arpmo1_540.png

minha cara,
você nem se reconhece mais.
não lembra mais de onde veio as lágrimas
que vê descendo pelo seu rosto no espelho.

olha só,
tanto tempo embaixo da água já não serve mais.
nenhuma impureza sua vai deslizar pelo seu corpo novamente,
limpando sua alma como costumava fazer.

talvez os remédios não façam mais efeitos
e nada mais te deixará acordada.
seu reflexo tornou-se um desconhecido
que você vê com indiferença.

ninguém mais irá acreditar em você
com tantas mentiras soltas por aí.
sua camada exterior mostra rasgos
e seus sorrisos já estão todos desaparecendo.

deixe de ser tão egoísta,
tão egocêntrica,
tão esquisita.
você ainda continuará sozinha
com seu amargo reflexo no espelho,
dissolvendo-se,
desmanchando-se
e matando-te,
como se não tivesse consciência
de que falo 
com você,
comigo mesma.

→ volte ao topo
0 comentário(s) / publique um comentário.
Odeio me descrever, pois até isso é confuso para mim. Eu sou confusa, com meu copo de tristeza que nunca esvazia, e minha impulsividade. A confusão de palavras na minha mente, e o quão confuso é meu gosto musical e literário. Faço uma bagunça na minha casa, em uma vida e nos meus cadernos de anotações. Vivo em uma baderna de cores, auras, almas. Auto-descrição é muito confuso, mas não tem melhor maneira de me descrever usando a confusão. Sou misturada, uma desordem, um pandemônio e um distúrbio.
→tumblr →follow